Nintendo vai lançar jogos para plataformas móveis, serviço de assinatura online e um novo console

O dia 17 de março de 2015 provavelmente ficará marcado na história da Nintendo. Após muitos anos de resistência, a empresa se rendeu a uma das tendências do mercado de games e anunciou uma parceria para a produção de jogos baseados em suas franquias para dispositivos móveis. A parceira escolhida foi a empresa japonesa DeNA. As duas empresas também anunciaram o desenvolvimento de um serviço de assinatura para integrar todas as plataformas da Nintendo.

Super Mario 64 no iPhone? Não exatamente…

Antes de mais nada, quem é essa empresa parceira da Nintendo? A DeNA (a pronúncia certa é D-N-A) é uma empresa japonesa criada em 1999 que atua em diferentes segmentos online, como comércio eletrônico e games. Se você não é um gamer assíduo nos celulares/tablets, você provavelmente nunca ouviu falar da empresa. Seus jogos são publicados na App Store (Apple) e na Google Play (Android), e centenas deles já foram lançados. O foco da DeNA é o modelo F2P (Free-to-Play), onde os jogos são gratuítos e a empresa ganha dinheiro vendendo itens, personagens e customizações dentro de cada um deles.

dena mobile games

Jogos mobile lançados pela DeNA

Sobre a parceria, a Nintendo deixou claro três pontos importantes durante o anúncio oficial:

O primeiro é que a empresa não vai simplesmente pegar seus jogos e converter para as plataformas móveis. Isso reduz bastante as chances de ver um Super Mario 64 no iPhone, por exemplo. O acordo prevê a criação de jogos originais para essas plataformas móveis, baseados nas franquias e personagens da Nintendo. Experiências novas mas com os personagens de sucesso já conhecidos!

Segundo: a Nintendo não está simplesmente licenciando suas propriedades intelectuais (IPs) para que uma outra empresa (DeNA nesse caso) desenvolva jogos baseados nelas. O próprio presidente da empresa, Satoru Iwata, deixou claro que a própria Nintendo desenvolverá os jogos. A DeNA será importante pela sua expertise em jogos online (principalmente no back-end) e na operação do serviço de assinatura (vamos chegar lá!).

E por último, fique tranquilo, pois a Nintendo não está abandonando o mercado de consoles. A empresa anunciou que já está desenvolvendo um novo console (detalhes mais abaixo) e que um dos objetivos dessa estratégia móvel será de atrair novos jogadores para os consoles da empresa.

Satoru Iwata e parceria da Nintendo com a DeNA

Satoru Iwata e parceria da Nintendo com a DeNA

Serviço de assinatura online

A presença online nunca foi o forte da Nintendo; a empresa teve (e ainda) muita dificuldade para se adaptar as mudanças do mercado. Veja o exemplo do Club Nintendo: algumas boas idéias mas péssima integração. Não por acaso o serviço está sendo desativado.

Sony e Microsoft oferecem serviços de assinatura online que se integram bem com suas respectivas plataformas (PS Plus e Xbox Live). Com essa parceria a Nintendo também terá o seu serviço de assinatura online, operado pela DeNA, que vai integrar as plataformas da empresa (DS e Wii U), além do PC e das plataformas móveis. Ainda não dá para saber exatamente o que será oferecido, mas só pelo fato de ter um serviço integrando todas as plataformas da empresa já é uma ótima notícia.

Um novo console

A Nintendo não anunciou somente o acordo com a DeNA. A empresa confirmou também que já está desenvolvendo o seu próximo console, baseado em um conceito “totalmente novo”. Nenhum outro detalhe foi divulgado, além do fato de que ele é conhecido por enquanto como “NX” (codinome) e que maiores detalhes serão divulgados somente ano que vem (2016).

Enfim, demorou mas parece que a Nintendo decidiu aceitar que o mundo mudou e o perfil do seu próprio público também. A idéia é boa, resta saber como será a execução. Mas eu estou confiante, e você?

Tags

Sobre: André Machado

André Machado é um gamer hardcore, desenvolvedor na Ubisoft Montreal, blogger, youtuber e ex-stargamer. :) Saiba mais sobre o autor.

Confira também...

2 comentários sobre “Nintendo vai lançar jogos para plataformas móveis, serviço de assinatura online e um novo console”

  1. Rafael Rabelo disse:

    A realidade é que a nintendo esta sem ter para onde correr, depois das vendas do wii ela achou que o mesmo iria se repeti com wii u. A Nintendo achou que podia entregar ao seus fans e ao mundo uma geração de videogames que eles já viram passar e que já esta velha como se fosse nova. Muita gente se dispos a experimentar o que foi feito pela Nintendo, mas muitos ficaram decepcionados e desiludido em ver que a Nintendo se ve incapaz de ser/proporcionar criatividade em um console que permita aprimorar a criatividade. No fim das contas “eu e outros jogadores simplesmente simplesmente dispensaríamos a menina arrogante(Nintendo) que tem frescura na hora do sexo(hardware),”

  2. Clodoaldo disse:

    Pelo que Nintendo já representou anos atrás …provavelmente ela vem novamente para incomodar os ps e box

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *